<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d30359332\x26blogName\x3dDi%C3%A1rio+da+Sandra+Lee\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://naoasanfona.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://naoasanfona.blogspot.com/\x26vt\x3d-6696925073653194912', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>



quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Coisas Super Importantes para q a RA funcione:

  1. Planejar o cardápio da semana, se não, pelo menos todos os ingredientes básicos necessários;
  2. Fazer as compras (não vale só planejar);
  3. Tomar o café da manhã obrigatoriamente;
  4. No almoço, ter sempre uma sopa pronta ou saladas, com as folhas já lavadas, por conta as vezes da pressa ou da preguiça (assim não vai ter desculpa);
  5. Após o almoço, relaxar 10 minutinhos, vale em qualquer lugar, afinal somos brasileiros e a gente dá um jeitinho (deu no Fantástico deste domingo a importância desse soninho)
  6. Fazer um pequeno lanchinho a tarde (vale uma fruta ou uma barrinha de cereais, pra quem não tem tempo - lembra do planejamento?)
  7. Procurar uma atividade física, vale ir a pé em algum lugar, pelo menos meia hora, 3 x por semana (se não der, não se mortifique por isso, uma hora vai dar).
  8. No jantar (é aí q eu sofro), fazer a refeição nem muito cedo, nem muito tarde, e após o mesmo, se distraia, leia um livro, internet, Tv, fale ao telefone com alguém, qualquer coisa pra que até a hora de dormir, vc não "caia matando na geladeira".

É isso pessoal, estou de volta, aplicando por enquanto esses conceitos, e tentando vencer um dia de cada vez, pois sei por experiência que após um determinado período de tempo, o corpo acostuma, e parece q o meu já está acostumando. Beijo especial a Flavinha, Andréia, Mandinha e Cláudia, q estão me apoiando neste momento tão difícil. Adoro vc. Bjs.


 

::Post por: Sandra Lee às 17:06

 
  (6) Se o haloscan falhar!

links to this post



domingo, 25 de fevereiro de 2007



Minha vida tem sido uma loucura nestes últimos tempos, e apesar de estar "sem votnade" (mesmo) de escrever, me obrigo constantemente a visitar e ler os blogs. Alguns tem sido fonte de grande inspiração, e parece que me preparo para uma nova caminhada.


Tenho refletido que toda inconstância da minha vida se deveu ao fato de sempre estar acima do peso, e consequentemente, tenho transferido toda infelicidade que me envolvo (pq sou eu quem me envolvo) diretamente a não aceitação por mais de 30 anos, a este fato. Me recordo aos doze ou treze anos, deitada de barriga pra cima em um sofá, na casa de meus pais, sonhando na felicidade q eu teria no dia em que emagrecesse. Até hoje me pego nesta posição, com os mesmos sonhos.
Já pesei 16 kg a menos do que estou hoje, ou seja, 80 kg, e me lembro de ter ficado muito bem com este peso. As pessoas insistem em dizer q não aparento o que peso (isso é uma unanimidade), mas não me consola. E nesta tragetório de caminha e cai, tenho tido muita dificuldade em perseverar.
Também já pesei 10 kg a mais do que peso hoje, e isso foi a bem pouco tempo, só que parece que uma outra pessoa dentro de mim, me boicota, realmente não sei o que faço pra travar desse jeito, não entendo, justo eu que sou uma pessoa esclarecida, curiosa e não me conforme se não souber absolutamente tudo sobre qualquer tipo de assunto (meia boca, nem pensar). Claro q mais tarde esqueço boa parte, mas o assunto da vez tem que estar dominado.

Então, como ia dizendo, sei que fórmulas mágicas não existem, mas existe um serzinho que não consigo dominar, que mora dentro de mim, que acredita, e essa outra pessoa que me cutuca dizendo "vá lá, só mais um pedaço, amanhã vc toma um laxante, um diurético, é só hoje"... E assim o tempo vai passando.
Amiga Beth, peguei estas figurinhas no seu blo, e achei perfeitas para este momento q estou passando. A propósito, tenho lido o blog da Beth, lá no comecinho, tentando encontrar nas palavras dela, respostas para o momento que atravesso (ela sabe colocar no papel aquilo q vai na alma e clareia bem as minhas idéias). Também outro dia fiz um desabafo aqui e recebi o carinho de 5 amigas (comentários), que foram o suficiente para pensar na retomada.
De passo em passo, tropeçando, caindo, levantando, vou me reerguendo, meio abalada na confiança em mim mesma, mas consciente que isso tem solução. Falta apenas, desvendar esse mistério q me assola, como uma pessoa q possui 2 personalidades. Já estou em um ponto que tenho vergonha de comentar com as pessoas este assunto, então tenho me isolado. Me arrumar e sair, nem pensar. Bjs e milhões de agradecimentos pelas palavras de conforto.


 

::Post por: Sandra Lee às 00:05

 
  (3) Se o haloscan falhar!

links to this post



segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Definitivamente pessoal, não consigo evoluir, nem na perda de peso, nem na persistência com a dieta. Fico estremamente exausta em pensar em fazer uma caminhada. Tenho tão pouco tempo para preparar as minhas refeições, e o pouco tempo q me sobra quero deitar, ver tv, ficar a toa, e tbm comer algo bem gostoso.

Isto envolve umas 4 latinhas de cerveja (não consigo abandonar), sempre, sempre, sempre, uns dois ou três pães com alguma coisa gostosa, tipo, uma maionese caseira, uma carne gostosa, e assim, me parece um extremo sofrimento ter que abandonar tudo isso.

Parece q um dia vou acordar e que a minha ficha vai cair, e eu vou ver que tudo foi perda de tempo, falta de perseverança, objetivos. Não sei... Me pego procurando na internet uma receita milagrosa, algo tipo "dormir gorda, acordar magra".... Ainda não consigo perseverar.

Queria tanto e não sei onde buscar forças... É meu maior desejo, e não consigo fazer absolutamente nada para realizá-lo...nada...nada mesmo. Não chega a ser um estado de desânimo, mas é algo tão irreal, que parece não fazer parte da minha realidade.

Como se não fosse pra mim, algo como "sina", "destino". E se tornou esse martírio na minha existência. Não gosto de sair. Pensar em me arrumar é trágico. Sou muito exigente comigo mesma, e quando me vejo em uma foto ou video, me assusto me desespero. Na verdade, no espelho, não me vejo tão gorda como sou.... Penso que um dia tudo vai passar, que vou tomar a frente da minha vida e que vou enxergar o passado como uma grande besteira, que vivi amargurada desnecessariamente, e que tudo poderia ter sido diferente...mas...

Esse dia não chega nunca.


 

::Post por: Sandra Lee às 16:58

 
  (5) Se o haloscan falhar!

links to this post