<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d30359332\x26blogName\x3dDi%C3%A1rio+da+Sandra+Lee\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://naoasanfona.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://naoasanfona.blogspot.com/\x26vt\x3d-6696925073653194912', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>



sexta-feira, 30 de novembro de 2007

30 DIAS DE CIRURGIA


Hoje completo trinta dias de operada. Já estou me aventurando a comer algumas coisinhas "normais", como o médico me orientou, de preferência, com consistência mais moles. Disse q quer me ver novamente no começo de janeiro, e que eu posso até arriscar um vinhozinho nas festas de fim de ano.
Tudo certo, sacramentado, mas continuo com aquela "bendita" compulsão à noite. Um saco!!! Andei pesquisando sobre minha cirurgia (Scopinaro), e achei um artigo médico, onde o Dr. diz q nesta técnica se absorve (minha ciru e desabsortiva) apenas 1.250 cal diárias, e o restante é eliminado, ou seja, por 2 anos, eu estarei emagrecendo com uma dieta de 1.250 cal. diárias. É mole.
Estou com 88kg, 10 a menos do dia da cirurgia, apesar de ter emagrecido 8 kg nos 10 primeiros dias. Meu médico acredita que meu emagrecimento será mais lentos, mas disse que não devo ter pressa (aff...), pq são 2 anos emagrecendo. Eu é que sei a vontade louca de emagrecer mais uns 8 quilos pra ontem, mas se não dá, paciência.
O que mais me impressionou, foi a idéia que eu tinha, que era só operar e todos os meu problemas estavam resolvidos. Que nada, tem q controlar a alimentação, tem q caminhar, fazer exercícios, enfim, vencer as mesmas barreiras e usar a dita "força de vontade" pra dar tudo muito certo. Minha melhora visual é notória, mas parece que os dias não passam. Ainda é muito limitado as coisas que posso comer, e como eu disse, tenho que trabalhar muito a ansiedade que gera minha monstra compulsão.
Sei que estou muito ansiosa nesta fase, mais do que quando operei, mas o fato de não saber quase nada a respeito da cirurgia antes de operar (pois fui pega de surpresa, e tudo na minha vida é assim: de repente), acarretou essa série de dúvidas. Não estou indo na nutri porque tem q pagar particular e a grana ta curta, afinal os remédios que estou tomando são muito caros, então vou pelo médico, que ao contrário da 1ª consulta com a nutri, já me liberou pra comer algumas coisas (ela disse que o 1º mês era líquido e o segundo pastoso, e só no terceiro eu ia comer arroz, feijão, carnes, etc..). Então é issso, visito os blogs de pessoas que operaram pra ver como foi a alimentação dessas pessoas, e ver se estou fazendo certo mesmo, afinal não vou dizer pro médico q tô duvidando dele, senão ele me manda pra nutri, e cadê a grana?
É isso, se alguém puder me ajudar, agradeço. Bjs e bonfindi.


 

::Post por: Sandra Lee às 12:09

 
  (2) Se o haloscan falhar!



sexta-feira, 23 de novembro de 2007

MINHA VIDA DE BORBOLETA E ÀS CONSTANTES MODIFICAÇÕES


Nos últimos 3 meses, tenho passado por transformações muito fortes. Como comentei anteriormente, abri um pequeno restaurante, e lá trabalhei na cozinha por 2 meses. A intenção era ser ajudante pra ter q pagar apenas uma cozinheira, mas na hora "H", ela amoleceu, eu tomei a frente e ela ficou de ajudante, não aguentando o repuxo, ficou só uns dias e sobrou pra mim descascar esse abacaxi.

Durante esse período, meu namorado e sócio, entrou num confronto total comigo, tudo q eu fazia ou perguntava tava errado, tinha q ser feito de outra forma, e de uma hora pra outra, meu companheiro, em quem eu apostei a última cartada (meu carro foi vendido), ao invés de se tornar meu aliado, virou meu rival dentro do ambiente q deveria ser uma realização de sonho e não a boca do inferno.

Com tanta pressão, não pensei 2 vezes quando me chamaram pra voltar por meu antigo trabalho. Como tenho formação em administração de empresas, voltei a trabalhar no q mais entendo, e depois dessa fase tenebrosa e sem dinheiro (tudo ia pro restaurante), descabelada, unhas encardidas e pele manchada (do fogo), voltei pro escritório.


Como disse anteriormente, numa crise de nervos, com muita dor no estômago, fui parar no gastro, q cogitou a possibilidade da gastroplastia, e q depois me encaminhou a uma cardiologista, q tbm achou conveniente a cirurgia, em função da minha insistente hipertensão e pré-diabetes. Dali em diante, passei por endocrinologista, nutricionista e psiquiatra, todos me dando a maior força pra resolver de vez esse problema (a obesidade) q estava me causando tantos outros, inclusive uma úlcera e gastrite.

Nesses meses, fiz exames, peguei laudos e no mesmo dia em q marquei a cirurgia (pra dali uma semana) fui chamada pra recomeçar a trabalhar. Tudo conversado, trabalhei uns dias, operei e no 12º dia (q não saiba o médico) retomei minhas atividades lentamente, primeiro trabalhando por 4 horas e agora já em período integral.

Tudo está perfeito e semana q vem vou ao médico pra consulta de 1 mês. A dieta é chata, como toda dieta (pois não é ra, ainda), mas tenho q passar por ela. Cometi excesso um dia, acordei de madrugada com uma forte dor no estomago, e soube q poderia ser gastrite. Fiquei morrendo de medo e já voltei ao q devo. Tomo todos os cuidados possíveis. Não pego peso, quando chego em casa, faço repouso e só levanto o mínimo possível, só pra tomar banho e comer. Uso uma cinta Yoga, q me ajuda muito, pois se não uso, no fim do dia parece q a região da cirurgia fica dolorida.

Emagreci 8 kg nos 10 primeiros dias, e de lá pra cá (13 dias), mais um quilo ou dois. Não sei se é ocerto, mas resoslvi não encanar, dizem q mesmo as pessoas q perdem pouco por mês, nunca passam um mês sequer sem emagrecer, então não vou encanar. Tô muito confiante no futuro e me sinto uma pessoa mais confiante e mais bonita. Obg a todos q torcem por mim, e espero contar neste espaço, a partir de agora, as minhas vitórias. Bjs e tenham um lindo findi.


 

::Post por: Sandra Lee às 13:13

 
  (4) Se o haloscan falhar!



terça-feira, 20 de novembro de 2007

MEUS 20 DIAS DE GASTROPLASTIZADA

Relatarei brevemente, como tem sido meus dias até aqui e como está sendo minha dieta.

Do 1º ao 2º dia- no hospital, dieta zero, nem ao menos uma gotinha de água.

Do 3º ao 15º dia - entraram sucos, pra ser tomado uma xicrinha de café de 30 em 30 min, e um caldinho ralo no almoço (tbm 30 ml de 30 em 30min) e outro no jantar.

Do 16º ao 20º dia - Purê de batata + sucos e caldos (50 ml de 1 em 1h). Tbm entrou yogurte desnatado e foi prescrito leite com frutas (ainda não tomei).

Como a técnica utilizada em mim foi de reduzir boa parte do intestino (o normal tem 6m e o meu tem 2,5m), e existe uma ligação direta do estomago com o intestino, tenho medo de certos alimentos (como o leite), pois podem provocar diarréia, e já viu né, no trabalho ia ser um sufoco.

A partir de amanhã, estão liberados, carne moida, frango desfiado (só uma colher de sopa, no almoço e jantar) + purês diversos (tbm uma colher) + um legume bem cozido e mole (tbm uma colher) e será 100 ml no total de 2 em 2 horas.

Já emagreci 9 quilos, sendo os 8 nos primeiros dez dias, e pra variar, meu organismo superesistente a emagrecer, emagreceu apenas 1 quilo em dez dias comendo "tudo isso" q descrevi aí em cima.

Portanto amigos, a cirurgia, quando necessária, deve ser feita, tbm tendo consciência, q não é um milagre, e q se eu não fizer a minha parte, com certeza, assim q sair da dieta restritiva, posso vir a engordar.

O médico me garantiu, q tudo q eu comer em excesso, será imediatamente excretado pelo organismo em forma de diarréia (por isso a possibilidade de maior sucesso nessa técnica), mas até hj, ou não cometi nenhum excesso, ou meu desvio não tá funcionando (ahahahha).

É isso, bjs a todas e se quiserem saber mais alguma coisa, me perguntem.


 

::Post por: Sandra Lee às 08:29

 
  (0) Se o haloscan falhar!



sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Dia da Operação

Vou relatar aqui, como foi desde então:


Dia 01/11 - Acordei as 5,00 da matina, tomei meu banho, peguei minha malinha e fui com minha filha de 16 anos até o hospital à pé, já que fica há umas 6 quadra de casa. Me internei e fui direto pra sala de cirurgia. Lá chegando a anestesista, tomando um cafezinho e eu em jejum, me ofereceu o café (é claro q aceitei mas ela não deu), me explicou q aplicaria um sedativo, depois a peridural e depois a geral, pra garantir d'eu não acordar antes da hora e estar sem anestesia.

Assim feito, dormi imediatamente e acordei na sala de recuperação, sem tubo sem anda, aliás acho q não fui entubada (esqueci de perguntar ao médico), após fui para o apartamento, minha filha mes esperava, meio sonada, reclamei de enjoo, tomei algumas medicações pelo soro e continuei dormindo, acordando de vez em quando suada, cabeça molhada, com enjoo e muita dor nas costas.

A noite foi um terror de tanta dor nas costas e gazes, tenho difuldade em solar gazes, só sentada, e não podia levantar de jeito nehum nem ao menos tomar luftal, já q não podia nem beber água.

Foi um suplicio até q lá pelas 7 do outro dia o enfermeiro veio me dar banho e eu pude sentar (pensa no mico, ninguém me deu banho antes na vida, mas naquela hora nem me importei, queria levantar e me livrar dos gazes e da dor nas costas). Melhorei 50%, e dormi sentada em uma cadeira (tipo aquela do papai), no outro dia comecei a tomar suco de uva e a noite um chazinho.

No outro dia suco de uva, caldo e chazinho e mais nada. 30 ml de 30 em 30 min. Mas não sentia vontade de nada, só de ir embora. Assim foi, até segunda de manhã (o médico disse pra eu ficar 4 dias pra aproveitar uma medicação - o anticoagulante, que era muito cara, e tomar todas as doses). Todos essses dias, quase nem falava, com medo de juntar gazes, ainda tive uma bendita tosse, q aliás, já estava com ela e escondi do médico, q me matou. Expectorei até.

Não teve jeito, o fisioterapeuta viu q eu tinha q solta-lá e me fazia andar, fazer exercícios, todos pra, fazer a expectoração acontecer, e eu queria ir embora, obedeci prontamente.

Assim feito, todos os dias transcorridos calmamente e com muitas visitas (e eu calada), fui pra casa, na segunda, lá pelas 9 horas.

Dor no estomago senti só quando vi o preço dos remédios. O nexium que custa R$ 175,oo a caixa pra 14 dias e tenho q tomar 2 meses, mais um antibiótico e o digesan retard q tbm me acompanhará por 2 meses.

Passado essa dor (no bolso), somente me incomodei com as dores nas costas, e tbm continuo tendo gazes, ainda tomo o luftal quase todos os dias (q saco).

Ontem, completei 15 dias de operada, e na quarta à noite fui ao médico, q puncionou minha cicatriz (não doeu quase nada), tirando de lá bastante líquido, pois não coloquei dreno nehum, disse q estou muito bem, não tive nenhum problema, e me disse q posso comer um purezinho de batata, e eu acrescentei por minha conta um franguinho desfiado, q me caiu muito bem. Como resultado, emagreci 9 kg, e saí da casa dos 90 (estou com 89). Iupiiii.

Tive uma cólica na terça, mas acho q foi o suco q ja estava tomando à 3 dias, e o prazo de validade é de 3 dias. Pensa, não consigo, tomar nem meia caixa de suco, ele vence antes


 

::Post por: Sandra Lee às 14:18

 
  (3) Se o haloscan falhar!



segunda-feira, 12 de novembro de 2007

GASTROPLASTIA

Olá minhas amigas. Sumi por muito tempo, primeiramente por falta de internet mesmo, e pq entrei numa vida q não era a minha.

Cozinhando no restaurane o dia inteiro, uma briga intermitente com meu namorado e sócio, enfim, um inferno pra resumir.

Com isso, vieram algumas alterações, pele super manchada, unhas regassadas, cabelo um lixo, pressão super alta, muitas dores de cabeça, e fui procurar um médico.

Com a pressão elevada, tbm estavam elevados, colesterol, estava pré-diabética, aí foi q fiquei nervosa mesmo, uma dor no estomago, e fui pro gastro.

Lá chegando, decidi fazer a gastroplastia, pois além de tudo, apareceu uma bendita úlcera + gastrite (ninguém merece).

O médico me pediu laudo de cardio, endo, psiquuiatra e nutri, eu peguei todos.

Havia uma possibilidade de voltar a trabalhar no meu antigo emprego, e tudo q eu queria era sair do borralho q me estabeleci. Esperei um dia a mais do suposto q deveriam me chamar, e como não me chamaram, voltei ao gastro com todos os exames no dia 24/10 e não é q ele marcou a cirurgia pra 01/11. Saí de lá tão assustada, pensei q demoraria uns 2 meses.

Não é q à noite meu telefone toca, e era o pessoal do trabalho me pedindo pra voltar. Não podia perder nenhuma das 2 oportunidades, pois em breve vou ficar sem meu plano de saúde. Voltei a trabalhar no dia 25 (meu chefe tinha mandado dia 29), aí fui até o dia 31 e depois no dia 01 fiz a cirurgia.


Estou retornando hoje dia 12, com muito cuidado, não sinto muitas dores, mas estou com o abdomen muito inchado. Emagreci 8 kg nesses dias, mas é devido a dieta, q é só líquida mesmo, e q só dá pra beber um copinho de café de 30 em 30 min (no máximo 3 seguidas) e tem q dar uma pausa de uma hora e meia, senão me enjooa.

Gostaria de compartilhar com as amigas minha experiência e saber se alguém fez ou pretende fazer a cirurgia, pois tenho muitas dúvidas. Bjs.


 

::Post por: Sandra Lee às 12:10

 
  (13) Se o haloscan falhar!